O Prêmio Paul Donovan Kigar é uma homenagem de honra ao mérito, por realizações de vida a homens e mulheres de qualquer nacionalidade ou crença religiosa oferecida pela AMAR.
A família ou a principal instituição do homenageado recebem um diploma em uma solenidade onde se faz uma breve resenha biográfica dos homenageados, ressaltando seus méritos e realizações. Categorias específicas dentre as inúmeras atividades humanas de benemerência, artes, cultura, política e liderança
serão desenvolvidas para dar especificidade ao Prêmio.

O Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo será o depositário dos prêmios de homenageados que não possuírem mais descendentes ou entidades com as quais trabalharam.
O Prêmio Paul Donovan Kigar foi instituído em 2004 por iniciativa de Malcolm Forest em homenagem a seu pai Paul Donovan Kigar. A premiação é anual, realizada normalmente no dia 8 de dezembro.
 
 
Embora progressos significativos tenham ocorrido no reconhecimento de valores e exemplos positivos em alguns setores da sociedade, ainda vivemos num mundo muito individualista e egocêntrico.
O Prêmio Paul Donovan Kigar visa homenagear e manter viva a memória e a dignidade de seres humanos que se esmeraram em seu trabalho com conduta e caráter exemplares. Busca mudar paradigmas, divulgando nacional e internacionalmente abnegados homens e mulheres que prestaram relevantes serviços, principalmente os que ainda não tenham sido devidamente reconhecidos e homenageados. Almeja promover uma cultura ecumênica de união, solidariedade, justiça e paz.
 
 
Uma comissão seleta de honra ao mérito com mandato de três anos irá indicar e decidir consensualmente quem serão os homenageados. Reune-se em 11 de junho de cada ano para a eleição dos nomes indicados para o Prêmio Paul Donovan Kigar a ser entregue em dezembro.

 

Copyright © 2004-2014 by Malcolm Forest - Todos os direitos reservados